Tag Archives: Segurança Digital

  • 0

O desafio da segurança digital em pequenas e médias empresas

Tags : 

Share

Com invasores atacando e comprometendo diretamente o desempenho das redes de internet, o cenário de cibersegurança se torna ainda mais preocupante.

Cuidar da fechadura depois que a porta foi arrombada não faz nenhum sentido, mas é assim que a maior parte de pequenas e médias empresas (PMEs) age quando o assunto é Segurança da Informação. O motivo é que essas companhias têm orçamentos apertados e acabam destinando a maior parte para ações voltadas ao aumento de produtividade.

Muitos empreendedores descobrem que a cibersegurança está diretamente ligada à performance somente após terem que lidar com perdas de dados e com as consequências de acessos não autorizados aos seus sistemas. Assim, acabam percebendo tardiamente que garantir um ambiente seguro é fundamental para maximizar os resultados dos negócios.

Hoje, dados cruciais estão alocados em ambientes virtuais e qualquer interrupção em sistemas significa grande prejuízo para as organizações. Empresas pequenas são justamente as que correm os maiores riscos. De acordo com as principais pesquisas de mercado, mais de 50% de todos os ataques cibernéticos dos últimos anos foram endereçados aos PCs e usuários de PMEs. A explicação por trás desses números é que muitos desses empreendedores não entendem a importância da segurança e, por isso, suas empresas geralmente não contam com nenhum tipo de proteção.

Apesar de reconhecerem a necessidade de agregar tecnologia às suas operações, a maioria das PMEs ainda não identifica o real valor da Segurança da Informação para seus negócios. Seu interesse é despertado por questões operacionais, como a disponibilidade de sistemas e ferramentas, a produtividade dos funcionários e a velocidade de processamento e de conexão com a Internet. Por isso, acabam adotando uma solução de proteção para controlar o acesso de seus colaboradores a redes sociais ou outros sites não autorizados, com objetivo de reduzir a perda de produtividade.

A partir de agosto de 2020, quando se encerra o prazo para que as organizações brasileiras cumpram as exigências da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), as consequências da falta de proteção e da ausência de políticas de segurança estarão ainda mais explícitas, já que a lei prevê multas para as empresas que não se adequarem. Com invasores atacando e comprometendo diretamente o desempenho das redes, o cenário se torna ainda mais preocupante, pois há um aumento no mundo de ataques destinados ao roubo de informações sigilosas ou de ações para manipulação de infraestruturas de TI.

Para aprimorar a segurança de seus ambientes e maximizar resultados, as PMEs devem mudar sua postura. O primeiro passo é entender a cibersegurança como parte central da estratégia de negócios. Os empresários precisam assimilar a importância do tema, adotar uma mentalidade voltada à segurança e, além disso, considerar que todos os elementos são importantes para garantir a proteção de seus dados – começando por orientações e políticas de acesso envolvendo os funcionários.

Criar uma cultura corporativa orientada à segurança deve incluir os usuários nas discussões sobre o assunto, capacitando-os para agir de maneira segura e proativa, além de permitir que as companhias ampliem suas camadas de proteção para prevenir e combater as possíveis vulnerabilidades da operação. É importante desenvolver uma cultura de cibersegurança que envolva toda a organização.

As PMEs devem aprimorar suas infraestruturas, reforçando as ferramentas de segurança à disposição dos negócios. Com a tecnologia evoluindo rapidamente, é imprescindível implementar soluções modernas, preparadas para garantir com eficiência a integridade de seus dados.

A vantagem do investimento em recursos avançados de cibersegurança é que as ferramentas de proteção permitem muito mais do que apenas evitar ameaças virtuais. Com essas soluções, as empresas podem administrar como seus funcionários utilizam a Web, controlar o tráfego de dados e priorizar banda larga de acordo com as necessidades de cada time, economizando tempo e recursos, e ao mesmo tempo endereçando os desafios de produtividade.

Aplicar medidas de segurança é uma iniciativa crucial para qualquer companhia sobreviver ao mundo digital, em especial para as PMEs. Ao adotar uma atitude proativa de segurança digital, os empresários irão agregar mais eficiência às suas operações e obter resultados muito melhores em seus negócios. Para isso, basta dar o primeiro passo.

Por Cleber Ribas, para o site Consumidor Moderno

Share

  • 0

Quem é o maior responsável por garantir uma segurança digital forte em uma empresa?

Tags : 

Share

As tecnologias inovadoras no meio digital têm proporcionado que as empresas possam identificar melhor novas oportunidades de valor, reduzindo os custos, e melhorando substancialmente a experiência destas empresas com seus clientes e leads de valor.

Mas se por um lado isto possibilita que elas possam se mover mais rapidamente para aproveitar estas oportunidades, por outro lado torna imprescindível que sejam dotadas de conhecimento e recursos de segurança digital como forma de preservar a sua competitividade frente a oponentes – concorrentes – cada vez mais ágeis e, principalmente, contra violações e incidentes como o vazamento de dados, por exemplo.

77% das empresas tiveram vazamento de dados no último ano, segundo estudo mundial produzido pelo Ponemom Institute.

Algumas das consequências mais graves decorrentes das violações e incidentes sofridos por empresas, nos últimos anos:

  • 1. Perda de negócio resultante do desgaste da confiança do cliente
  • 2. Perda de ativos
  • 3. Perda de produtividade
  • 4. Multas e litígios regulamentares
  • 5. Custos de correção

Quem é o maior responsável por garantir uma segurança digital forte em uma empresa?

A responsabildade pela estratégia de segurança digital, segundo levantamento em estudo produzido pela Cisco, varia de acordo com o país. Na China e na Índia, o diretor de risco tem maior probabilidade de ser o principal responsável pela segurança digital (conforme indicado por 44% dos entrevistados em cada país).

No Brasil, Canadá e Reino Unido, o CEO/conselho de diretores é o principal responsável.

Os Estados Unidos foram o único país da pesquisa em que o CIO/CISO ficou em primeiro lugar (37%), com o CEO/conselho
logo trás (36%).

O CFO foi identificado como a pessoa responsável em 19% das empresas entrevistadas globalmente. Na China, 29% das
empresas consideram o CFO responsável, mais do que em qualquer outro país pesquisado.

A excelência em segurança digital, ainda segundo o estudo da Cisco, oferece às empresas a oportunidade de diferenciar suas marcas ao demonstrar que valorizam a confiança do cliente.

Quando os prospects e os clientes acreditam que as violações de segurança e privacidade não ocorrerão, essa crença se torna uma característica importante da marca, semelhante à qualidade, ao custo e à experiência do cliente.

Se promovida, essa característica pode proporcionar às empresas vantagem competitiva.

O que e como fazer

  • Institua medidas proativas de segurança digital que possibilitem a análise de ameaças e redução de riscos, em todos os níveis da empresa

    Criar uma Política de Uso para os dispositivos móveis pelos colaboradores é, por exemplo, uma das formas de reduzir vulnerabilidades e riscos que podem afetar diretamente a segurança digital da organização.

  • Analise exaustivamente e opte por sistemas de nuvem reconhecidamente confiáveis

    Existem diversas opções para as empresas que pretendam manter a segurança de seus dados através da cloud computing. O MultiBackup – O serviço de backup da Multiconecta em parceria com MozyPro – uma empresa Dell EMC, oferece uma solução de cópia de segurança dos dados mais importantes de sua empresa dentro dos datacenters mais prestigiados do mundo, com total segurança e garantia de disponibilidade.

  • Assegure que sua estratégia de segurança digital esteja adequada as normas estabelecidas pela LEI DE PROTEÇÃO DE DADOS vigente

E, por fim:

  • Avalie o impacto das perdas do que você valoriza frente aos investimentos necessários para a adoção de medidas de segurança digital

    Temos certeza que você vai chegar a conclusão de que vale muito mais a pena investir na proteção dos recursos estratégicos da sua empresa.

Share

Procure-nos para uma solução completa para o TI da sua empresa