Tag Archives: WhatsApp

  • 0

Tome muito cuidado ao procurar emprego na internet

Tags : 

Share

Golpes do falso emprego propagados por WhatsApp, Facebook e afins só aumentam.

O tão sonhado registro em carteira faz muita gente recorrer à internet para encontrar emprego, um caminho bastante prático para os dias atuais. Mas é preciso cuidado: o número de vagas falsas ou duvidosas divulgadas em plataformas como Facebook, WhatsApp e YouTube não para de crescer.

Se até um passado não muito distante as empresas anunciavam postos de trabalho em jornais, cartazes ou agências de emprego, hoje elas têm a praticidade de comunicar a abertura de vagas nas redes sociais, sites próprios ou serviços online de recrutamento.

Para quem busca colocação — ou recolocação profissional —, a internet também traz vantagens: é possível candidatar-se a vagas facilmente e encontrar oportunidades com agilidade.

Mas essa mudança no mercado de trabalho não passou despercebida pelo olhar de oportunistas. Indivíduos mal-intencionados encontraram na internet o ambiente perfeito para propagar vagas de emprego ou oportunidades de trabalho questionáveis ou que sequer existem.

Páginas ou grupos no Facebook, correntes no WhatsApp, perfis no Twitter e até vídeos no YouTube são cada vez mais usados para atrair pessoas que tentam — às vezes, desesperadamente — encontrar trabalho.

A crise econômica que paira sobre o Brasil afeta sobretudo jovens que buscam o primeiro emprego ou trabalhadores que ficaram desempregados de uma hora para outra e agora enfrentam dificuldades para conseguir novas oportunidades.

Esses grupos são os principais alvos das falsas vagas de emprego. No desespero para conseguir trabalho, um número grande de pessoas acaba não percebendo que, na verdade, está diante de tentativas de golpes (como phishing) que direcionam para vagas inexistentes ou fraudes que podem causar grande prejuízo, tanto financeiro quanto moral.

Por esse motivo, no momento de se candidatar a uma vaga, é preciso analisar a oferta com calma e não tomar nenhuma decisão no calor do momento.

Como saber se uma vaga de emprego é falsa?

O autor deste artigo, já elaborou um guia para evitar o golpe do falso emprego – acesse em (leia e indique a pessoas próximas), mas aqui vão algumas orientações importantes:

• Oportunidades falsas podem usar o nome de empresas muito conhecidas, como redes de supermercado e lojas de departamento, e oferecerem grande número de vagas (por exemplo, “temos 115 vagas na sua região”);

• A mensagem pode ter um pedido para que você compartilhe as vagas para o maior número possível de pessoas (muito comum em ofertas divulgadas pelo WhatsApp);

• O anúncio tenta despertar um senso de urgência em você dizendo, por exemplo, que há poucas vagas restantes ou que a seleção terminará em breve;

• Se ao buscar mais informações sobre a vaga você descobrir que precisa pagar por cursos, certificados, serviços (como análise de currículo), entre outros, desconfie na hora: você não tem que pagar por nada para ficar com a vaga;

• Cuidado com ofertas do tipo “ganhe X reais por mês sem sair de casa” ou “trabalhe apenas 4 horas por dia”. Frequentemente, esses anúncios tentam, na verdade, vender ebooks e cursos ou te convencer a comercializar produtos duvidosos.

Se informe antes de se candidatar a uma vaga

Ao encontrar ou receber uma oferta de trabalho, não responda de imediato e tente se informar a respeito antes de tomar uma decisão. Você pode começar pesquisando pelo nome da empresa que aparece na vaga.

Se a empresa é conhecida, vale a pena entrar em contato com ela para confirmar a existência da oportunidade. Para isso, busque o número de telefone, o e-mail do RH ou os canais oficiais da companhia nas redes sociais, por exemplo.

Pedir a opinião de pessoas mais experientes (por exemplo, um professor da faculdade ou um conhecido que já trabalha na área) é outra dica. Eventualmente, elas podem encontrar detalhes estranhos na proposta de emprego que você não percebeu.

Também tenha em mente que não existe garantia de emprego: uma empresa séria só irá te contratar depois de analisar o seu currículo e te entrevistar, afinal, ela precisa saber se você tem aptidão para o cargo.

Por isso, desconfie sempre de promessas mirabolantes, cobranças de taxas, ofertas que pedem para você compartilhar a vaga com outras pessoas e propostas com teor de urgência.

Sobretudo, tente manter a calma: se candidatar desesperadamente a tudo o que é proposta de trabalho que aparece na sua frente sem se cercar de cuidados pode piorar uma situação que já está difícil.

Por Emerson Alecrim, para o Infowester – infowester.com

Share

  • 0

O WhatsApp e o Google vão deletar os backups antigos no Google Drive

Tags : 

Share

Em 12 de novembro, o WhatsApp e o Google vão deletar os backups antigos das conversas dos usuários Android armazenados no Google Drive.

Veja como não perder os backups de suas conversas do WhatsApp.

Em 12 de novembro, o WhatsApp e o Google vão deletar os backups antigos das conversas dos usuários Android armazenados no Google Drive. O histórico de conversas e os backups salvos na memória do telefone não serão afetados – esses estão seguros. Os usuários do WhatsApp no iOS não precisam se preocupar; pois usam a iCloud.
O WhatsApp para Android vai fazer um backup das suas conversas no Google Drive gratuitamente, mas backups antigos podem ser afetados. Aqui respondemos algumas questões-chave sobre segurança e privacidade de backups do WhatsApp.

1. O que o Google armazena?

O WhatsApp para Android pode fazer backup dos seus dados no Google Drive regularmente. Essas cópias podem incluir apenas texto, ou texto, fotografias e vídeos, dependendo das configurações. A funcionalidade não é nenhuma novidade; os backups funcionam assim há anos. Dê uma olhada em Menu -> Configurações -> Conversas -> Backup para verificar se você tem o backup no Google Drive configurado.

2. O que muda no dia 12 de novembro?

Qualquer arquivo ocupa espaço no Google Drive, o que reduz sua cota de armazenamento. No entanto, o Facebook, dono do WhatsApp, e o Google concordaram em não descontar os backups do WhatsApp da capacidade de armazenamento total de sua conta. Assim, você poderá armazenar mais dados em seu drive.

3. O que vai ser removido?

Se não tiver feito backups no Google Drive há algum tempo, e a opção automática estiver desativada no seu WhatsApp, suas cópias antigas (de dois anos ou mais) serão removidas automaticamente. Para manter suas informações em segurança, você precisa realizar um novo backup dos dados do seu WhatsApp manualmente até o dia 12 de novembro.

4. O que acontece se eu perder o backup do meu histórico de conversas do WhatsApp?

Se instalar o WhatsApp em um novo telefone, ainda será capaz de conversar com seus amigos, e vai continuar sendo membro dos seus grupos, mas não poderá ver seu histórico de conversas.

5. Quais são os riscos?

Alguns riscos sempre estiveram lá e continuam. Conversas armazenadas no WhatsApp são criptografadas e apenas seus participantes podem lê-las, enquanto que os backups feitos nos servidores do Google não têm essa proteção: os dados armazenados estão acessíveis. Dessa forma, esse tipo de backup é uma ameaça potencial à sua privacidade.

6. Quero ter um backup das minhas conversas, mas não no Google! O que devo fazer?

O backup do WhatsApp pode ser feito na memória de um telefone. Esse backup pode ser utilizado para transferir suas conversas para um novo aparelho ou restaurá-las depois que o aplicativo for reinstalado. Elas não poderão ser recuperadas, caso perca seu dispositivo. Então, você teria que copiar manualmente os dados do seu cartão de memória (\sdcard\WhatsApp\) para um computador ou serviço de nuvem criptografado.

7. Não há uma maneira mais fácil?

A Google Play oferece dezenas de aplicativos para backups de dados do WhatsApp. Infelizmente, nenhum deles é feito por desenvolvedores de apps reconhecidos, e muitos exigem acesso root. Instalar esses aplicativos pode não ser seguro; você pode facilmente permitir a entrada de um Trojan desagradável disfarçado de um aplicativo de backup. No mínimo, recomendamos que faça download apenas de apps altamente classificados e frequentemente baixados. Também aconselhamos que cuide da proteção contra malware do seu smartphone.

Por, KASPERSKYlabDAILY

Share

Procure-nos para uma solução completa para o TI da sua empresa